Convenção homologa candidaturas do pastor Laercio Castro e Graça Carvalho em Imperatriz


Diretório Municipal do PSL prepara denúncia à PF contra o presidente estadual Francisco Carvalho por tentar fraudar o sistema do TSE

Após travar uma disputa interna com o Diretório Estadual do Partido Social Liberal- PSL,  sob o comando do presidente Francisco Carvalho, que é vereador em São Luís, o ex-vereador Raimundo Roma , presidente do Diretório Municipal de Imperatriz há 13 anos, conseguiu fazer na força e raça a convenção da sigla, que acontece neste momento no clube Pedral Beach, na Beira Rio, na cidade de Imperatriz. A convenção do PSL e PTC homóloga a candidatura do pastor Laercio Castro a prefeito de Imperatriz e da magistrada aposentada Graça Carvalho a vice, além dos candidatos que disputarão uma das 21 vagas no Legislativo Municipal.

SGIP - Consulta.pdf

Ao longo desta segunda feira(14)a Direção Estadual ainda tentou impedir a realização da convenção, por entender que seguir na corrida pela sucessão municipal com o atual prefeito da cidade- Assis Ramos(DEM), que concorre à reeleição, seria mais “proveitoso” para o partido. No documento, determinou-se a mudança do evento para a próxima quarta-feira (16), o que de plano foi rechaçado por afrontar o prazo estipulado pela Justiça Eleitoral. Além de ignorar o comunicado assinado pelo delegado Regional do PSL em Imperatriz- Antônio Torres, o ex-vereador Roma já determinou a assessoria jurídica do partido que prepare denúncia para ser protocolada nesta terça-feira(15) junto à Polícia Federal contra o comando estadual da sigla por fraude. Uma alteração feita no sistema do TSE hoje(14) às 17:38 com data retroativa ao mês de julho de 2020, é claramente desmentida por uma certidão emitida pelo próprio TSE no último dia 11 as 16:50.