Por que quer ser prefeito de São Luís? Rubens Júnior responde


Em carta escrita a pedido do blog, pré-candidato cita um vácuo político e afirma que foi na capital que nasceu, se criou, começou a estudar e constituiu sua família.

Quero ser prefeito porque amo esta cidade e acredito que posso contribuir. Aqui nasci, me criei, estudei e constitui minha família. Nasci na rua São Pantaleão, na Clínica São José. Quem fez meu parto foi o doutor Ademar bandeira, que durante muito tempo foi diretor do Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), que é o maior hospital público do Maranhão. Aqui eu comecei a estudar, cresci tomando caldo do João na rua do Sol, perto do Sindicato dos Bancários e, cresci jogando bola lá na barraca do Felipe contra o time do Totó do Mercado Central. 

A primeira vez que eu tomei cerveja na minha vida foi lá no Donato, no Bequimão. Frequento o círculo de oração da Vila Palmeira, das irmãs Márcia e Nadir. Comecei a namorar minha esposa na praça Cohatrac, espaço que eu reformei enquanto secretário das Cidades. Tenho uma grande identidade com a cidade. 

Nunca deixei de carregar comigo as minhas origens, de enxergar que de fato, minha família veio do interior e boa parte venceu por meio dos estudos. Meu pai é da política e tenho orgulho pelo articulador político que é, mas desde 2011 o meu domicílio eleitoral está aqui. E é justamente neste momento, que há um vácuo político na cidade de São Luís, estou pronto e preparado para este desafio.

O amor por São Luís seria condição necessária e suficiente para querer ser prefeito. Mas há chamas adicionais que aquecem esse desejo: o impulso de melhorar a vida dos meus conterrâneos ludovicenses; o tamanho dos desafios, que me encorajam em vez de assustar-me; a certeza de que, aliando minha experiência ao conhecimento que obtive ao longo da minha vida acadêmica, poderei fazer o que gosto: resolver problemas. É uma vocação, precedida por um princípio: pra mim, a política é a arte de servir o próximo, e não de se servir dele.


Quem é Rubens Júnior? Advogado, formado pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e mestre em Direito Constitucional pelo Instituto Brasileiro de Direito Público (IDP), Rubens Pereira Júnior, de 36 anos, iniciou a carreira como Analista Judiciário do Tribunal de Justiça do Maranhão. Foi deputado Estadual no Maranhão por dois mandatos, nos períodos de 2006 a 2014. Em 2014, foi eleito deputado federal, e em 2018 foi reeleito para mais um mandato na Câmara Federal.

Em 2019, se licenciou do parlamento para exercer o cargo de Secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano do Maranhão (Secid). Em 2020, foi lançado pré-candidato a prefeito de São Luís pelo PCdoB. Com poucos dias de anúncio, já recebeu o apoio dos partidos Progressistas (PP) e Democracia Cristã (DC). Em seguida, foi a vez do Partido da Mulher Brasileira (PMB) e do Cidadania manifestarem desejo de compor uma aliança com o projeto do PCdoB.

Seguindo as leis eleitorais, em junho de 2020, se desincompatibilizou para seguir como pré-candidato a prefeito de São Luís. Está atualmente licenciado da Câmara dos Deputados.